12.10.17

Imperfeições perfeitas e o caso do umbigo do Lucas

Estou em falta com o blog e enquanto o meu cérebro não volta a vida para escrever umas coisas que já tenho aqui pensadas, partilho um texto bastante caricato que escrevi há uns tempos...

Sobre imperfeições perfeitas... Sim, o Lucas tem uma hérnia no umbigo. Na maior parte das vezes está escondida e ninguém dá por ela, mas está lá. Não é a primeira: já teve outra, na virilha, mas foi operado com 2 meses (sim 2 meses e sim anestesia geral) e ficou bem. Bem melhor do que o meu coração naquele dia... Brevemente o mesmo irá acontecer com esta: será operado e irá correr tudo bem! 

No outro dia enquanto ele brincava na praia uma senhora questionou-me sobre o que ele tinha. Expliquei o que era. O comentário que se seguiu foi um: 'oh que pena, ele é tão bonito'. Acrescentei que desde que controlado não tinha perigo e que não lhe dava dores nem o impedia de fazer nada e que iria ser operado e o problema ficaria resolvido. O conselho que recebi foi para tratar do assunto o mais rápido possível porque assim ficava esquisito. 

A ideia de que a beleza é perfeição enoja-me tanto quanto aquela senhora. Ele pode continuar a ter aquela bola de ping pong no lugar do umbigo, mas isso não o faz ser menos bonito, nem vai fazer de mim o género de pessoa que vai educar um filho a esconder-se porque tem algo diferente... relax gente, é só um umbigo. E quanto ao conselho: nunca me passou pela cabeça antecipar uma operação e privar o meu filho do verão na praia só por causa de uns olhares e comentários parvos! Agradeço todos os dias por isto... porque não é grave e tem resolução! Já um coração podre... isso não tem cura. 

Com uns pés destes, quem é que olha para o umbigo?!

Sem comentários:

Enviar um comentário